20 março 2010

Das cartas secretas

você soa como um mistério...
eis que posso ser devorado pelo seu árduo silêncio...
pois coma a minha presença e eu te decifro.

4 Incensuraram:

André Noronha disse...

eu como sua ausência. e você suspira a minha presença. e ninguem decifra ninguém. nunca.

Marcio Nicolau disse...

Li vários textos teus e a palava que talvez melhor traduza o que sinto é assombro. Sentimentos atemporais pulsam viscerais e me falam diretamente. Sem dúvida, um fenômeno você.

O Garoto Perdido disse...

Adoro um mistério, ainda mais decifrar...mas eu mesmo me considero uma incógnita. Adorei.

Carlos Alberto Moreno disse...

tão atual, nem parece ser de março, nem agosto, nem a gosto

belo.